domingo, 22 de novembro de 2009

talvez fosse o caso de dizer, postar aqui alguma coisa mais felizinha, como que pra fazer crer que não tenho só momentos que podem ser interpretados como downs ou tristes. mas tudo isso, na verdade, se justifica no escrever. existe um alcance que só me chega em imagens secas ou molhadas de pedras portuguesas, mundos, esquinas que invento e que junto com o que conheço (conheço?). isso é o tal do processo. é assim mesmo, e, na verdade, nem é assim, porque é muito mais, mas que não se pode explicar, tipo, explicar a piada.
pobre do fernando pessoa se fosse só escrever sobre suas felicidades. almodóvar junta tudo numa coisa só. e a gente vai cavando um estilo (pretensioso isso aqui.. hehe).
além do mais, quando se está feliz, é muita ocupação pra gastar com cervejas, música alta, abraços, e não, teclas de um teclado, não é mesmo?

4 comentários:

kassiaindia disse...

De kassia india para Cara palida,
Conserta-se fogão.
Basta ter paciencia
usar as ferramentas certas
ter mãos habilidosas e corretas
usar o cerebro e o coração
usar a honestidade e a concentração
Ser justo para apertar os parafusos
e nao deixar nemhuma porca confusa.

cara pálida fora d´água disse...

e nenhum leitão...

Anônimo disse...

kassiaindia
Talvez o leitão sempre faça confusão........

Sonia Lima Naves disse...

Passei por aqui...

Beijos