quinta-feira, 28 de julho de 2011

E ontem Adriana Calcanhoto ficou cantando baixinho, baixinho... Na penumbra, até onde não deu mais, na lembrança da roça que uns querem lembrar, outros, esconder. Foi até acabar, porque ficou aquele fiozinho tão fininho, que era melhor economizar, como se aquilo fosse o último querosene do mês.

2 comentários:

kassiaindia disse...

repete
re
pete
pete
repete
pra mim adriana calcanhoto na roça.

Selva Selva! disse...

gostei muito do comentário, e nós sabemos muito bem o que significa...